Gil Saraiva: cara familiar da equipa comercial de Lisboa

Entusiasmo, confiança e empenho são palavras de ordem na conduta profissional de Gil Saraiva. Conheça mais um membro da equipa comercial da Aupper.
Gil Saraiva: cara familiar da equipa comercial de Lisboa
  • Depois de ter trabalhado na Aupper entre 2009 e 2011, Gil Saraiva está de regresso  à delegação de Lisboa, onde trabalha como comercial há cerca de um ano.

    .

    O entusiasmo e o orgulho neste regresso é perceptível em todas as suas exclamações.

    _

    A importância da formação

    “Todas as capacidades de comunicação e estratégias de cativação do cliente, ganhei-as aqui na Aupper, na formação inicial e no trabalho que fui desenvolvendo ao longo do tempo. Foi esta a empresa que me formou e toda essa aprendizagem foi muito relevante para o meu percurso profissional. Agora que regressei, recuperei alguns antigos clientes e isso traz ainda mais sentido a este retorno!”

    Além da possibilidade de carreira e do retorno financeiro que se obtém na atividade comercial, Gil Saraiva não tem dúvidas de qual é o maior agente motivador do seu trabalho: “Obviamente que a possibilidade de construíres o teu próprio salário é muito aliciante, mas a venda direta tem uma enorme magia: a de conquistar o cliente. Acho que consigo fazê-lo com sucesso não só pela relação que crio com o cliente, mas também porque acredito nos artigos e produtos que temos para mostrar e isso faz toda a diferença.”

     

      .

    Trabalho comercial: uma evolução a vários níveis

    Para Gil, o contacto constante com o público é algo que o faz crescer muito pessoal e profissionalmente.

    “Aprende-se diariamente a tentar resolver variados problemas e a comunicar com pessoas muito diferentes e de várias camadas sociais. Conquistar novos clientes, e ao mesmo tempo manter os antigos, é um  grande desafio porque temos de nos reinventar, adaptar e combater o preconceito que já existe com esta área de vendas.”

    .

    A relação pós-venda

    Gil Saraiva defende que o trabalho comercial se solidifica quando este se estende para além de uma transação comercial e, como prova disso, tem alguns clientes com quem o voto de confiança e profissionalismo se transformou em amizade.

    “Trabalho para que as pessoas não gostem só do meu trabalho de venda, mas também do interesse e cuidado que tenho depois da venda concretizada: procuro dar atenção e estar disponível para ouvir a opinião e as sugestões de cada cliente.”

    Há exemplos mais marcantes?

    “Sim, tenho vários exemplos de clientes que se tornaram amigos: como uma senhora que se tornou cliente no início da minha carreira e que já considero uma ‘avó’ emprestada. Inclusivamente, já conheceu o meu filho. E muitos outros clientes com quem acabamos a combinar almoços e a conviver porque se criam relações de amizade, simpatia e respeito que permitem esta ligação.”

     

     

    Mais testemunhos de colaboradores da Aupper: